Arquivos

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis




Fluidifique-se
 


A CARIDADE MENTAL

                                  

Luz Divina que acende em nós a chama humilde da caridade! Penetrai-nos nas fibras mais íntimas do coração e modificai-nos a estrutura psíquico-moral para o Bem ainda maior. Temos todos no coração, grande desejo de amar o próximo, de servir e sermos bons, de perdoar e de não julgar. Conhecemos-Te os preceitos básicos mas nossa estrutura psíquico-moral ainda se configura em molde duro e inflexível. Diante das provas mais duras do nosso cotidiano, falhamos. Falhamos no compreender as fraquezas do outro, falhamos no aceitas que ninguém pode dar o que não tem dentro de si, falhamos no não pré-julgar as pessoas pelos seus atos oupela falta de atitude, falhamos quando nos envolvemos em maledicências aparentemente inofensivas e nos colocamos nos tentáculos venenosos do mal. Falhamos diversas vezes no dia porque nos falta força psíquico-moral.

 

Sabemos que os livros contém os ensinamentos que nos complementam os estudos, mas confessamos uqe reconhecemos o poder grandioso das provas e decepções em nossos corações. As provas representam o fogo que molda nosso coraçãoduro. As decepções representam a bigorna que molda nosso estado de espírito. E assim crescemos. A vida não representa estar-se estacionado em momento algum. Aquele que vive está em contante mudança. Aquele, contudo, que vive para Deus, pode e deve empenhar-se mais para acelerar a evolução pois a Espiritualidade busca irmãos que se voluntariem no pensamento elevado, no trabalho caridoso, na plverização da palavra de Deus e nas ações de caridade física e mental.

 

Conheceis porventura a caridade mental? Eu vos digo que a caridade mental consiste em estar-se preparado espiritualmente para meditar no bem, no silêncio caridoso, que é aquele que cala comentários desnecessários, que pede pelos ncessitados com uma simples vibração instantânea, que perdoa por compreender a ignorância, a falta do que dar de seus irmãos, é aquela que abstem-se de julgar porque não se beneficiará em nada com isso.

 

A caridade mental nada diz nem externa nem internamente porque consiste na prática e exercício do silêncio definitivo, no silêncio d’alma. No começo

 Ela consiste no ato de calar-se a si mesmo. Depois consiste na prática do silêncio.

 

Busquemos esta prática de caridade mental através das observações de nós mesmos no dia a dia, tentando silenciar pensamentos cheios de rancor, mágoa e julgamento. Anulemos estes pensamentos com comentários benignos.

 

Acompanhemos o pensamento que diz “Fora da caridade não há salvação”. E tomemos a frente de ações como ver sem comentar, ouvir sem julgar, amar sem cobrar, doar sem esperar, e vibrar sem questionar.

 

A vida é presente maravilhoso de Deus. Sirvamo-os dela para reproduzir o bem que recebemos.

 

Assim seja

 

Irmão Pai Serafim



Escrito por Lumina às 19h33
[] [envie esta mensagem
] []





ESTA IRMÃ, A CARIDADE

 

Que a paz de Jesus seja bebida no cálice do culto espiritual que participas.

 

Seja o Mestre Nazareno o quadro que vos decora a mente nos momentos de ócio em que o mal pode buscar asilo. Que o magnetismo do bem seja repelente natural para vós, amigos de bem.

 

Venho para vos dizer que os trabalhos espirituais configuram responsabilidade singular entre vós que outrora comprometeram-se, redimidos, a servir os necessitados bem como outrora forma servidos. Venho para reforçar a importância da caridade como meio de sobrevivência espiritual e de reforma mental para aqueles que aprenderam a importância da palavra “doar”.

 

A caridade, se pudesse ser personificada, seria senhora respeitável trajando manto branco cobrindo-lhe a cabeça, teria a imagem de Jesus pendurada no pescoço e as mãos calejadas já de tanto trabalhar e servir sem vaidades.

 

A caridade, se pudesse ser personificada, teria marcas de longa idade demonstrando a experiência de quem coleciona histórias e boas memórias com casos de sucesso. Teria os olhos levemente lacrimejados como quem vive em constante emoção pelo que vê e, teria um coração que, de tão sensível, transbordaria pelos olhos a dor do próximo que sofre.

 

A caridade, se pudesse ser personificada, seria silenciosa, praticamente calada, porque o silêncio permite comunicações mais precisas e eficazes, pois que calar é sábio e quem cala absorve mais do Universo que seu redor do que quem muito fala. Quem muito fala termina por repelir as energias próximas como quem se nega a ouvir. Calar é valorizar mais o que se ouve, e portanto, dispor-se a aprender mais do que a ensinar.

 

Assim seria a caridade. Uma estonteante senhora de longa idade, com as mãos estendidas e a boca fechada, com os olhos marejados e o véu alvo cobrindo-lhe o branco e luminoso halo de pureza.

 

Pai, daí-nos condições de conhecer-mos esta entidade, se assim podemos chamar o maior ensinamento que nos deixastes na última de Tuas vindas à Terra – este momento derradeiro de nossa existência em que, Misericordioso, deste-nos a santificada oportunidade de sentir-Te mais perto pela última vez e dali em diante, a fazer-Te próximo com o poder da prece que nos ensinaste tão bem.

 

Grande e querido Mestre, a caridae, esta irmã que nos engrandece...fazei-nos mais conscientes da necessidade de fazermos o bem. Dai-nos o que nos falta para impulsionar gestos fraternos para com quem necessita. Dai-nos compreensão de como fazer o bem. Ser caridoso consiste em, antes de qualquer coisa, não julgar ninguém por seus gestos e escolhas, porque simplesmente não nos é dado conhecer os desígnios de Deus e não sabemos quais forças agiram no limiar da intuição para que tais escolhas fossem feitas.

 

Não nos sintamos jamais na condição de vítimas pois até à mais vil das criaturas foi dada a incumbência de realizar a vontade do Pai. Agradeçamos cada infortúnio que nos descobre os olhos frágeis e retira os véus que nos afastam da verdade de nós mesmos. Só podes conhecer-te a ti mesmo através da dor que te evidencia os cantos mais desconhecidos d’alma e as capacidades mais irradiantes da mesma.

 

Que Deus vos engrandeça e conserve a boa vontade. Somente aquele que serve ao seu próximo com amor e sem julgamentos, pode receber o mesmo do Pai que está nos Céus.

 

Abraço do amigo

 

Irmão Danúbio



Escrito por Lumina às 18h21
[] [envie esta mensagem
] []





                                                                   PROFECIAS E VIDA

 

 

Abençoados sejam todos os que vivem em nome do Amor maior a Jesus, nosso Mestre, Pai e Tutor Maior. Benditos sejam os que revelam em vida a grandeza de amar a Ele sem julgamentos nem orgulho. Felizes e plenos são os que admitem a luz divina como comandante das vidas e da justiça. Iluminados são os que vêem sem precisar de imagens, ouvem sem precisar de sons, e amam puramente seus próximos.

 

Que a luz penetre nos corações que se reúnem em nome do Mestre desde o tempo dos Essênios até os tempos modernos, de forma modesta e discreta para louvar, receber mensagens de verdade e doar fluidos de amor.

 

Preenchei vossos corações de amor e fraternidade enquanto tendes esta oportunidade porque os tempos chegaram e os resgates também. Salvai vossas almas do infortúnio da ignorância e do egoísmo. Estais todos em condições semelhantes na Terra e dependeis uns dos outros, bem o sabem. Ninguém pode dizer-se livre de qualquer infortúnio, tendo em vista as voltas que a vida dá. Cuidai de alimentar o espírito e o coração com o melhor dos alimentos – o Amor – para germinarem os brotos de caridade, solidariedade, piedade e compaixão em vós.

 

“Quando o chão se desfizer e os corpos cumprirem a profecia, diante dos gritos de desespero, entre a água e o fogo do apocalipse, aquele que pronunciar o nome de meu Pai, se salvará.”

 

“Quando o céu inflamar-se da bola de fogo e não houver abrigo para aqueles chamados para o fim, aquele que pronunciar o nome de meu Pai, se salvará.”

 

“Quando a dor e a peste consumirem os que restarem, fizerem minguar os corpos já em carcaça, aquele que pronunciar o nome de meu Pai, se salvará.”

 

Venho, não para profetizar, mas para alertá-los de que é preciso que resguardeis em vossos corações o direito augusto de amar e  louvar vosso Deus acima de todas as coisas, e é preciso que vos desapegueis da matéria pensando na vida como sendo uma brisa eterna, que sopra em várias direções, não tem forma, nem cor, nem cheiro, mas tem força.

 

A vida é tal qual brisa que independe da matéria. Estais vivendo tempos difíceis. É preciso fortalecer a moral e o coração para não serdes obsediados facilmente.

 

Outros ventos malignos, espíritos do mal tentarão cegá-los, abafar-vos a memória, escurecer-vos o horizonte tão lentamente que quase será imperceptível se não estiverdes vigilantes. Atentai para qualquer mudança dentro de vós, para qualquer dificuldade de orar e concentrar-vos. E não desistais de perseverar no amor, orar com fervor e pedir por irmãos que hoje deixaram a matéria e vagam sem rumo. A Espiritualidade trabalha em dobro, praticamente a carga máxima para resgatar e acolher os desencarnados, mas lidamos com forças diversas e as adversidades desequilibram.

 

Trabalhemos em conjunto, precisamos de vós, filhos de boa vontade, à frente das empreitadas. Orai, vigiai e não esqueçais dos irmãos que perderam tudo.

 

Usai da higiene mental e do fortalecimento moral pelas leituras e preces edificantes para fortalecer a mente e o espírito. Travai boas conversas e repeli como missionários, as más, os ímpetos de maldade, egoísmo, orgulho e libertinagem. Sejai grandes pelos vossos atos e palavras e enfrentai a vida como missão pessoal e espiritual por misericórdia.

 

Grandes são os homens que se fazem pequenos diante da figura do Mestre Jesus. Que Deus vos abençoe hoje e sempre.

 

 

Irmão Anthelios

 

 



Escrito por Lumina às 13h53
[] [envie esta mensagem
] []





Desenvolvendo a Inteligência Espiritual

 

 

          

           Quando uma ou mais pessoas se colocam dispostas à prece e com sinceridade elevam o pensamento à grande espiral do Amor, o Universo responde obedecendo à Lei da Ação e Reação e à Lei de Atração, enviando micro partículas de luz que são energia pura, e que vem para realizar intercâmbio de doações com aqueles que se preparam para doar fluídos.

           Ninguém no Universo, dá nada que não receba em retorno. Há uma infinidade de micro-formas de vida que tomam ação e vem repousar sobre aquele que se ilumina sob a luz da prece.

           Em verdade, meus filhos, vos digo, a prece consiste em poderosa forma de comunicação, tornando-os todos médiuns doadores de fluídos e de amor.  Orar é direito de todos, é direito de comunicar aflições, angústias, dores e medos e conseguir instantaneamente um consolo, um afago, um abrigo, um alento.

            O Pai, quando voltou à Pátria Espiritual, nos deixou o Consolador, respostas às nossas perguntas e alívio para nossas aflições, bem como nos deixou a prece como forma de comunicarmo-nos com Ele sem intermediários.

             Verdade é que há falanges inteiras que operam em Seu nome, porém, felizes os homens que confiam na Espiritualidade, que vêem nela legião amiga de todas as horas e felizes os que sabem compreender o trabalho da Equipe Espiritual.

             Há muito ainda para revelar, mas a mente humana está ainda engatinhando na assimilação da doutrina espírita e a tendência dos próximos anos é que aumente a consciência espiritual dos homens frente às dificuldades e às frustrações do presente e do futuro.

              Fato é que chega a hora do despertar da consciência espiritual e mais ainda, da Inteligência Espiritual; esta parte da nossa inteligência comandada pela nossa capacidade de ver a vida.  Felizes são os que já possuem mente aberta e uma natural pré disposição para as verdades da vida, pois dia virá que não restará ao homem outro recurso que não o da fé orientada no porvir e na reencarnação.

              Levemos o pensamento a Jesus e deixemos vibrar nossas forças do Bem, nossas moléculas de Amor para que a vibração gere fluídos de Luz e que estes sejam colhidos pela equipe espiritual em favor dos necessitados , dos desamparados, dos nossos irmãos.  Que Jesus nos guie e oriente nossos pensamentos.

              Os tempos pedem foco e determinação no Bem.  Os tempos pedem força de pensamento no Bem, perseverança deste pensamento e confiança no porvir.

               Deixai de lado as lamentações, sobretudo sobre as coisas que ainda não aconteceram.  Procurai elevar a Moral, a auto-estima e a confiança na Providência de Deus, que não vos abandonará jamais.  Confiai mais e sabei que nada acontecerá que não for da vontade do Mestre Criador.

               Fazei vossa parte e positivai o pensamento, afastando e repelindo todo o mal que vos trouxer ao desengano.  

                Estai obedecendo às forças do desânimo e não tendes o direito.  Fortalecei-vos, pois, e confiai no Pai do  Céu.

                 Tempos são estes que a grande falange do mal quer vencer o bem e exporá seus tentáculos de qualquer forma.  Abri vossos olhos e sobretudo, o senso questionador  pois que o mal tem várias faces e estratégias.  Filiai-vos ao Bem e militai no caminho do trabalho de caridade, local onde o mal não encontra campo de ação.

                  Eis filhos, a Fé, a Esperança e a Caridade para salvaguardá-los do mal.

                   Confiai vosso tempo ocioso ao Bem de fato, ao Bem ativo; sejai mais mansos e benevolentes, perdoai as ofensas, não julgai vosso próximo, sede indulgentes, respeitai vosso corpo, vosso espírito, vosso mundo e o do outro também, compartilhai com teu próximo e despojai-vos do orgulho, da vaidade e da ambição, venenos da alma!  Purificai-vos com o Amor simples e com os exemplos de homens simples.

                  Que vosso coração seja inflado pelo Amor Divino e que seja feito somente o melhor a todos, em nome de Jesus.

Irmão Danúbio



Escrito por Lumina às 18h19
[] [envie esta mensagem
] []





LIMPEZA ESPIRITUAL

Que a Luz de nosso Pai Maior que está no Céu ilumine vossos corações e vossos semblantes, preenchendo vossos vazios com amor e doçura!

Crede que quando vos colocais em prece por aqueles que necessitam receber as chuvas de fluídos brancos purificadores, sois os primeiros a acender a luz e, daí, diz-se que aquele que acende a luz é o primeiro que se ilumina!

Em verdade vos digo, filhos, bem aventurados os mansos e pacíficos porque aquele que conseguir conservar a doçura nestes dias tão amargos que vos seguem, eis aí uma criatura feliz e bendita em nome de Jesus!

Deixai as flores virem perfumar vossos corações, amansai vossos ímpetos de agressividade e recorrei à prece silenciosa e sincera, para receberdes de imediato os braços do Pai de Misericórdia a vos envolver em calor paternal de alívio.

Buscai na vida, em todas as instâncias, serdes mansos e pacíficos.

Buscai na prece o conforto para vossas dúvidas e angústias. Buscai o conforto nas palavras reconfortantes dos livros, estes instrumentos benditos que, por vezes, são transcritos tal qual os livros das bibliotecas espirituais, tão somente para lhes proporcionar aconchego e companhia engrandecedora.

Procurai na união, fortalecer vossos laços com o Altíssimo e renovar, a cada dia, teu voto de confiança na Providência d’Aquele que afirmou que seus filhos foram feitos para serem felizes, d’Aquele que resguarda este direito íntimo de cada criatura fazer conforme o livre arbítrio e que, ainda assim aguarda paciente até que a criatura retome a lucidez.

Pensai naqueles que são miseráveis e que repelem o bem com suas forças magnéticas inferiores. Ah, queridos, neste sentido vos digo sem demagogia: o lar que existe em harmonia consiste em refúgio espiritual para muitos irmãos de bem em jornada aqui na Terra, seja em trabalhos missionários, seja em visita usual.

De fato é importante que conserveis a energia vibratóra deste ambiente,que faz com que tantos irmãos tomem fôlego, para que depois retornem à atmosfera de energia pesada e confusa. Assim como vosso lar, há outros que conseguem conservar a chama da fé e do amor acesa por conseguirem manter o pensamento e a moral elevados, e por terem preocupações que no geral não atingem a grande maioria, como a limpeza energética do ambiente.

As criaturas não vêem a poeira astral que inunda seus lares, que permite a proliferação de criaturas inferiores, em suas formas horripilantes, que possuem inteligência e vivem de sugar a energia do ambiente, assim como a de seus moradores. Há muito mais entre céu e terra do que podeis julgar!

O plano do espírito também tem suas formas peçonhentas, que se alimentam de energias boas, e desta forma acabam com qualquer harmonia que o ambiente possa ter. Elas incitam a falta de limpeza, de rotina, de regra, de boa educação, de hábitos saudáves, e em vez disso, contribuem para a completa desarmonia espiritual, fazendo que os lares sejam habitados por conversas baixas, sem nenhum grau de luz, por crianças mal educadas, por animais desequilibrados, por pais em dessossego, enfim.

Eis a importância da limpeza física, seguida da limpeza espiritual, que desinfetam as esferas dimensionais de vosso lar, que afastam a poeira astral negativa, que repelem as formas pensamento inteligentes e que vos protege da desarmonia e desequilíbrio.

Cuidai de limpar vossos cômodos, não acumular bens antigos fora de uso, não cultivar emoções passadas que lhe causaram amargura e rancor, não guardar lembranças de tempos idos que somente vos prende ao passado e vos impede de progredir, renovando-se a cada dia.

Limpai vosso lar, vossa mente e vossa aura para que emitais bons sinais à espiritualidade.

Cultivai plantas com critais ou água por perto, buscai a imagem do Mestre a todo o instante como se pudésseis conversar com ele a todo o instante, façai uso da defumação e buscai uma vida espiritualmente sadia filhos. Valorizai essa experiência mais do que nunca!

Criai ambiente próprio para que os bons espíritos vos escoltem sempre.

Aliviai, portanto a carga que vos deteriora energéticamente.

O equilíbrio é a grande chave de toda meditação espiritual, de toda prática do bem, de todo aquele que quer começar a seguir o Altíssimo. Equilíbrio começa no íntimo da alma, de dentro para fora, em não o contrário.

No plano espiritual há quem se isole em trabalho de equilíbrio nas dimensões dos cristais e do silêncio. Entram em meditação profunda para encontrarem dentro de si a verdadeira essência cósmica que é a partícula de Deus latente em nós.

Portanto, repousai vossa mente cansada na meditação ou prece se assim preferirem e buscai verdadeiramente, deixando tudo o mais para depois. Tudo pode esperar quando dedicamos uns poucos minutos ao nosso espírito. Limpai-vos diariamente, física, mental e espiritualmente. E buscai no silêncio vossa verdadeira essência, buscai na luz vosso alimento. Buscai na amizade o suporte para as horas duras. Buscai no alimento material apenas vosso sustento. Buscai no trabalho vosso engrandecimento moral. Buscai na família vosso equilíbrio. Buscai na água vosso aliado magnético. Buscai no Sol vosso combustível e na Lua a reflexão. Buscai a cada passo aprender. A cada queda a se levantar. A cada lágrima a amansar. Buscai em Deus tudo o que necessitais.

Fiquem com Deus, e obrigada pela oportunidade.

Irmã Sara Shanti



Escrito por Lumina às 09h12
[] [envie esta mensagem
] []





RESPEITA TEU PRÓXIMO

 

 

Respeito!

Eis, filhos, a chave de todas as portas de entrada que haverão de cruzar vossos caminhos.

Respeito!

Porque nos dias de hoje, os homens perderam a noção do significado desta palavra e crêem se tratar apenas de um distanciamento razoável do próximo.

Não, filhos. Respeito não é distanciar-se do próximo. Respeito não é somente reconhecer no outro características louváveis e dignas de admiração. Este sentimento, o respeito, consiste no entendimento das leis morais do Pai, nosso criador.

Respeito é reconhecermo-nos no próximo, é vermos que o outro sempre age dentro de sua própria razão, que ainda que não seja a mesma que a nossa, é digna de ser observada!

Respeito é saber-se eterno aprendiz e ver no próximo a presença de Deus. É valorizar o outro pelo valor do ser humano que ele tem e não  pelo que ele possui, nem somente pela posição que ele ocupa na hierarquia dos homens.

Respeitar o outro é não enxergar as diferenças, ao contrário do que pensais. É observar quão humano é teu próximo, quais razões teriam-no levado a agir de tal forma e, ainda que discordeis, é silenciar o espírito e calar os julgamentos em nome do respeito.

O mundo hoje sofre com a falta de respeito e com o engano no que concerne a este sentimento tão mal interpretado pelo homem. Julgais que somente são respeitáveis os que são importantes ou melhores, quando no fundo, são principalmente os que estão abaixo de ti que merecem compreensão no que diz respeito às dificuldades no trajeto rumo à elevação.

Respeito é sentimento de merecimento de todos, absolutamente todos. Bons, maus, negros, brancos, pobres, ricos, todos tem o respeito de Deus e devem ter o nosso também. Respeitar é ter em si a nobreza e a humildade ao mesmo tempo, é saber compreender o tempo do outro, é aceitar as diferenças, é saber calar diante de um infortúnio, por se respeitar, sobretudo, a soberania do Pai diante da Justiça, que só pode ser tomada por Ele mesmo.

O homem de bem que conhece o bom conceito de respeito, vive como cidadão do mundo, respeita as culturas, os pensamentos diferentes, frutos das diferentes criações, respeita o próprio corpo, alimenta-se como quem cultiva um templo da vida, respeita o ambiente que o acolhe, portanto não suja seu ambiente de forma descontrolada, respeita a natureza pela sua força suprema!

O homem que respeita nunca toma nada pelo prazer de ter uma vantagem, pois sabe que o universo só reconhece a lei da ação e reação e nunca do favoritismo!

O homem que respeita não coloca leis para o próximo seguir, julgando cada criatura com diferentes pesos e medidas,  é coerente e constante no pensar, no agir, no perdoar, no permitir.

O homem que respeita controla seus sentimentos, seu amor, sua raiva, sua fome, sua sede, seu sono, sua curiosidade, sua língua e seus pensamentos por saber-se constituir um grande poluidor do meio ambiente cósmico com suas forças descontroladas.

Ao contrário, o homem que respeita busca o eterno equilíbrio porque busca fazer a sua parte.

Respeito é isso, filhos. Conhecer nossas obrigações critãs, nossos direitos cristãos, as forças cósmicas e naturais que influenciam no andamento da vida, e, sobretudo, não enxergar as diferenças por entender que somos idênticos, mas em momentos diferentes da evolução.

Discriminar o próximo é tão irônico quanto um sapato novo olhar para o couro que está sendo tratado para virar sapato e debochar dele, que será seu próprio par.

Busquem dentro de vós mesmos a paz e a resposta para vossas perguntas! Não deixeis que ondas magnéticas opostas ao bem vos carreguem para o abismo psicológico. O mal deve ser tão respeitado quanto o bem porque é uma força poderosa e inteligente.

O mal possui seus artifícios, mas é preciso que vossos pensamentos estejam ligados no amor de Jesus, em seus princípios, em Suas missões de harmonia espiritual e, sobretudo, de humildade. Recolhei-vos em vosso silêncio interno e indagueis as vossas consciências que hão de vos mostrar o caminho certo.

Respeitai-vos como companheiros de jornada e segui vosso caminho em nome de Jesus.

 

Irmão Danúbio

 

 



Escrito por Lumina às 16h56
[] [envie esta mensagem
] []





VIGIAI VOSSOS FLUIDOS

 

Benditos sejais todos vós devotos do Espiritismo em sua essência branca e pura. Benditos sejais vós que procurais viver sob a égide da luz e do respeito mútuo.

 

Olhai agora para dentro de vós mesmos e concentrai-vos na água que borbulha dentro de vós tal como substância fervente. Estes são vossos sentimentos confusos pela ansiedade que assola vossos dias. Acalmai-vos pelo pensamento e acalmai esta água até que ela, pela luz do vosso pensamento, possa ficar tal qual água no copo, cristalina, tranquila. Respirai calmamente e, somente então, elevai o pensamento ao Mestre Criador, para que Ele possa vos ouvir.

 

Buscai então, dentro de vós, as respostas para a maior parte das vossas ansiedades, porque teu coração fala contigo a todo instante.

 

Salve, Senhor Jesus, as criaturas que amargam em desespero e não enxergam à frente a ponte que lhes oferece passagem diante do precipício. Piedade, ó Pai Criador, que Teus filhos precisam de Ti.

 

Irmãos, elevemos o pensamento a Jesus e roguemos paz de espírito e paciência diante dos infortúnios, resignação diante dos problemas, aceitação diante do que já está definido. A sabedoria do homem reside na segurança que tem ele para aceitar com tranquilidade a sorte que ele mesmo escolheu.

 

É preciso alimentar o espírito, filhos, é preciso dedicar a vida à própria vida, é preciso reconhecer no Pai a força maior, suprema e soberana que representa o Universo dentro de vós. É preciso saber encontrar-se grande em cada célula e positivá-las pela força do pensamento de maneira que nossa vida esteja pré-disposta ao que há de bom pela força positiva da atração pelo pensamento. Somos todos interligados por energias afins com todo o Universo e ainda desconheceis vossa capacidade incrível de renovar, transformar e renascer.

 

Quem vos fala é amigo já renascido diversas vezes, conhecedor do processo reencarntório, e posso lhes assegurar: nada pode ser em vão. Nenhuma dor, nenhum espinho, nehuma alegria nem decepção é em vão neste Universo de vidas e forças interligadas. Vivemos em uma teia invisível de carmas e provações. Fortalecei-vos, pois, porque sois doadores fiéis de fluídos e vossa responsabilidade não é menor por estares encarnados. Sois colaboradores por opção e compromisso. A planta que foi envenenada não poderá dar bons frutos. Pensai na qualidade do vosso serviço, sobretudo no serviço espiritual de doação fluídica. Não doais sapatos furados nem roupas imundas. Por que o faríeis com vossos fluídos, pois? Atenção à limpeza diária feita por meio do pensamento consciente, da oração sincera e constante, do sentimento renovado de amor ao próximo, de auto-controle diário. Se vos sentires vulneráveis e fracos diante das forças do mal, redobrai vosso cuidado e orai mais intensamente, protegei-vos com os recursos que tendes: o amor e a fé. Cultivai vossos fluídos tal qual jardineiro carinhoso com sua roseira impecável.

Que Jesus vos embale no mais lindo pensamento de luz e que vossa capacidade de dar seja ainda maior. Graças a Deus.

Assim seja.

 

Irmão Eurípedes Barsanulfo

 



Escrito por Lumina às 09h09
[] [envie esta mensagem
] []





O PODER DA VONTADE

 

Pai de Misericórida! Receba em Vossas mãos, ó Pai, nossos pedidos de perdão e arrependimento pelas faltas cometidas e pelas nossas falhas pessoais. Rogamos-Te com frequência pela ajuda espiritual para que nos fortaleça o espírito e a moral e, também, nos comprometemos, no serviço íntimo, a resistir às tentações, a abrandar nosso coração, a iluminar nossas palavras, a aliviar nosso senso crítico, a amansar nossos ânimos, a reparar nosso senso julgador. E rogamos-Te, Pai, porque queremos lapidar os traços morais ainda tão rústicos no nosso perispírito. E quando somos atendidos, e elevados por uma força inexplicavelmente grande que nos eleva e nos encoraja, então, vem a tentação e falhamos.

 

Pobres de nós, espíritos iludíveis pelos momentos de ebulição espiritual, de emoções desequilibradas! Descontrolamo-nos e saímos do nosso eixo de equilíbrio e descartamos ensinamentos preciosos e esforços pessoais imensos na direção assertiva do bem.

 

Somos todos tão imensamente vulneráveis que, ao menor descuido, ao menos relaxamento, nos unimos a forças degeneradoras. Mas em verdade, eu vos digo: Deus nos fez renováveis. Graças à Sua misericórdia, possuímos forças animadoras capazes de renovarem-se instantanemente, obedecendo apenas a um único comando: o da nossa vontade.

 

Digo-vos ainda mais: a complexidade do sistema biológico-espiritual resume-se à mente, e dentro dela mesma existe uma força ainda desconhecida no seu poder de atuação sobre as moléculas do mundo e às forças do Universo. Refiro-me à vontade.

 

Novamente venho vos esclarecer a respeito desta energia geradora de movimentos obedientes à sua força e ao seu magnetismo. A vontade é a grande força magnetizadora que mune toda alma encarnada e desencarnada de uma poderosa atração.

 

Há tempos o homem vem sendo esclarecido a respeito da força positiva da vontade, e os grandes homens pulverizadores da verdade,  escolhidos por sua sabedoria e elevação espiritual são apenas vistos como sonhadores, místicos e irrealistas.

 

Basta de menosprezar os preciosos ensinamentos escondidos por trás de obras tão significativas e missionárias. Vê com teus olhos do espírito! Disponha tua vontade de maneira que sintas tuas forças voltadas a um esforço pessoal, uma auto-superação, uma conquista – e observa-te. Observa agindo. Não espereis vós que Deus o faça por ti. Ele o assiste e encoraja, mas os méritos são sempre pessoais.

 

Esforça-te no que toca à tua parte e deseja com o coração aberto.

 

Mas sensibiliza tua força de vontade como se ela fôra uma roda d’água que gira pela força do teu desejo. Há toda uma legião espiritual que e admite os pedidos, te avalia as rogativas, te permite a ajuda, te envia o socorro ete ampara na queda. Jamais estais a sós, e se por ventura assim vos sentires, é porque vos abandonastes vós mesmos. Não vos abandoneis. Sois o sonho do filho de Deus. Coloca as metas que queres alcançar, sobretudo as metas morais e psico-espirituais que determinarão o tipo de pessoa que desejas ser amanhã.

 

Risca de tua personalidade os traços já inaceitáveis no teu nível de esclarecimento. Não permiti a vós mesmos serdes intolerantes com a ignorância, nem gananciosos indiscriminados, nem insensíveis desgovernados, dem orgulhosos desmedidos. Olha para o Céu que te cobre, a grandiosidade natural que te rodeia e os exemplos vivos que já conhecestes. Tenhai por iniciativa a vontade de mudar teus vícios morais. Construí a cada minuto o caminho novo que quereis trilhar. Não percai a fé jamais, nem a confiança na tua própria capacidade de auto-superação. O impossível foi inventado por alguém que ousou jamais tentar. Sois capazes de tudo!

 

Portanto, deixa a vontade guiar vossos passos e levarvos à harmonia psico-espiritual. E caso a queda ocorra no meio do caminho, lembrai-vos de levantar a cabeça e prosseguir. Também caiu o Pai várias vezes no Seu calvário, e ainda assim, seguiu até o fim porque Sua vontade era cumprir a missão que lhe cabia. E acaso é a tua missão mais dolorosa a ponto de ficares no chão aguardando a piedade alheia? Coragem! Perseverai no bem!

 

Fiquem com Deus.

Irmão Danúbio



Escrito por Lumina às 10h42
[] [envie esta mensagem
] []





FORA DA CARIDADE NÃO HÁ SALVAÇÃO

 

Pai de Misericórdia, dai-nos forças, Senhor, para vivermos os dias que nos cabe viver nesta existência sem fraquejar nas lições aprendidas!

 

Somos diariamente tentados a resistir a caprichos tantos da vida terrena, e, por vezes, nos esquecemos da verdadeira essência que preenche nosso coração e nosso espírito, fazendo-nos à Vossa semelhança, criaturas bem-aventuradas.

 

Pai Amado, fortalecei nossos valores e dai a cada um de nós conforme nossa necessidade: agradecemos-Te pelo pão de cada dia que deixastes na Tua oração, que representa a lição diária, o aprendizado diário. Ensina-nos a viver com o que temos e a perseguir metas que visam nosso aprimoramento moral. Estamos todos nesta escola, em estágio, para lapidar sentimentos e tendências internas, Pai, e a cada dia, o cenário se configura difícil e doloroso. E a cada dia, o peso da atmosfera carregada de miasmas nos ferem na caminhada. E a cada queda, fica mais difícil levantar.

 

Por quê, ó Pai, estamos tão inertes quando a lição nos é dada tantas vezes na existência? Por que quanto mais conhecemos o caminho, mais longo ele se nos apresenta? Se for para nos provar na perseverança, Pai, que seja feita a tua vontade. Se for para nos fortalecer de fato, que seja feita a Tua vontade.

 

Coloca no nosso caminho a prova que julgares necessária para nossa evolução, Pai, pois sabemos que nenhuma delas nos será impossível de carregar. Rogamos apenas para que nos fortaleças e nos faças perseverantes no bem e no caminho reto da moral e da ética, estas duas irmãs que caminham juntas.

 

Irmãos queridos, unamo-nos no trabalho do bem, da caridade que tanto pode fazer para elevar-nos a moral e as atribuições do espírito. Em verdade, vos digo: se encontrai-vos perdidos, inseguros, fracos e carentes de compreensão e afeto, em nome de Jesus eu vos digo: precisais da caridade em vossas vidas! A caridade não representa apenas o bem querer entre irmãos em Cristo. A caridade, esta irmã de tantas faces, é a tradução do amor universal, do verdadeiro amor, do desprendimento e da dedicação. A caridade alimenta primeiro quem estende a mão; aquece primeiro o coração daquele que oferece o cobertor, afasta a dor primeiro daquele que oferece o remédio. A caridade preenche o tempo ocioso, afasta más vibrações, cura porque renova, religa, reforma. A caridade afasta qualquer dúvida, conflito interior, sensação de culpa, auto-punição pelo passado de erros. A caridade revela a criatura pura e a verdadeira essência de cada ser encarnado. E a cada dia que ela se concretiza, mais nos auto-conhecemos e mais nos modificamos de dentro para fora. A caridade deveria ser recomendada como remédio por médicos, soubesse a humanidade o bem que faz fazer o bem.

 

Experimentai vós, reajustar vossas prioridades, e entregar um pouco do vosso amor e do vosso tempo ao próximo. Eis a definição de caridade. Além disso, saibai vós que o amor que essencialmente qualquer criatura é capaz de doar cresce proporcionalmente ao tanto que é dispensado. Em outras palavras, é como leite materno. Se for sugado, mais será produzido. Se for ignorado, logo secará. Assim é o amor: se o devotas a outrem, mais e mais amor serás capaz de dar. Se não exercitais o amor, ele não mais se mostrará.

Filhos amados, é tempo de amar o próximo, é tempo de renovar vossos votos de amor ao próximo. É hora de pensares no próximo, pois viveis num mundo de egoístas.

 

Compartilhai vosso amor, vosso conhecimento, respeitai o espaço do outro e, sobretudo, compadecei-vos do sofrimento alheio. Fazei pelo teu irmão como gostaríeis que ele fizesse por vós. Livrai-vos do egoísmo e amai-vos com compaixão. Perdoai a vós mesmos pelos vossos erros e ao próximo pelas suas limitações. Deus já vos perdoou.

 

Salve a todos. Assim seja.

Irmão Andes Thúlio



Escrito por Lumina às 07h35
[] [envie esta mensagem
] []





BUSCA INTERIOR

 

“Queridos irmãos,

 

Ouçamos todos a melodia cujas notas tiradas pela mais alta sensibilidade são capazes de nutrir a alma já desnutrida de sentimentos nobres e espiritualizados.

 

Fechemos os olhos e busquemos, no escuro que se mostra, a luz única que existe em todos nós e aquece nosso interior porque ela é a representação real da partícula mínima de Deus e que configura a massa humana. É a luz fundamental, a faísca divina, o princípio vital de todo homem e de toda mulher!

 

Permitamo-nos sentir a palavra do Pai ser proferida dentro de nós, ecoar em nosso íntimo e nos modificar a composição grosseira. Elevemo-nos, irmãos! Permitamos que cada palavra do Mestre caia como orvalho na terra seca de nossos corações e torne-os mais férteis aos ensinamentos constantes. É tempo de priorizar o que realmente pode nos tornar melhores. É hora de abrir os canais do perispírito para as compreensões definitivas, ou seja, as que vão nos modificar as atitudes, o pensamento. Basta de teorias por hora, pois que o homem precisa provar que pode suportar as primeiras mudanças interiores.

 

Não basta mais apenas querermos bem ao próximo que não nos incomoda. É preciso perdoar as ofensas também. Não basta apenas nos condoermos com a miséria alheia. É preciso que tomemos ações pró-ativas de ajuda real. Não basta louvar ao nosso Deus com preces e cantigas. É preciso que multipliquemos as palavras Dele e Seus ensinamentos, sobretudo pelo exemplo. É hora de vivermos a lei do Mestre e fazermos a nossa parte. A cada dia, a cada hora, é preciso olharmo-nos no espelho e avaliarmo-nos para saber se estamos fazendo nosso melhor, se estamos sendo verdadeiros e coerentes com as palavras de verdade, amor e justiça do Altíssimo. É preciso refletirmos no ensinamento do Mestre como a um mantra.

 

Precisamos habitar esferas mais leves e harmoniosas, buscar a paz lírica em nossas mentes, a plenitude da consciência, para que nosso estado espiritual vibre na mesma frequência dos cristais, filhos. Limpemos a alma, busquemos o que realmente importa, e, ainda que vossa vida terrena vos obrigue a certo materialismo, ponderai, avaliai e buscai tua paz acima de tudo. Lembrai que teu próximo precisa de ti. Abraçai a causa nobre do Mestre Nazareno e atuai na condição de multiplicador do amor, em Seu nome. Terás a ajuda dos mensageiros celestes imediatamente.

 

Não deixei de vos indignar com a injustiça, a pobreza, a enganação, a fome e a miséria. Nada que fere a moral e a honra do homem é digno de ser aceito. Buscai o respeito acima de tudo. E respeitai assim como gostaríeis de ser respeitados. Refleti no teu próximo o amor que recebeis do Alto, e o fazei com desprendimento sem julgar. Aceitai as diferenças sem contestar o estado de cada espírito. Acaso não viu o Pai as maiores atrocidades encarnadas e as amou da mesma forma?

 

E em verdade vos digo: enquanto houver amor, o planeta existirá e a vida perseverará.

 

Filhos queridos, que Deus vos abençoe, que as luzes cósmicas de bençãos caiam sobre vós. Que Ele vos inspire por tudo que foi, que é, e que quer que sejais também. Saudações da Colônia de Luz Maior.”

 

Assim seja.

Irmão Anthélios

 

Mensagem psicografada em 24/01/2010



Escrito por Lumina às 19h05
[] [envie esta mensagem
] []





DESAPEGAI-VOS

 

“Olá amigos queridos.

 

Que a paz de Jesus seja convosco e que as boas vibrações dos Céus caiam sobre vós todos!

 

Elevemos juntos o pensamento ao Mestre Jesus de Nazaré e peçamos a Ele, que foi e é Todo –Justiça, que nos absolva de nossos pecados, de nossas impurezas e nos liberte de nossas mentes aprisionadoras.

 

Roguemos ao Pai de Luz e Misericórdia, que nos liberte de nossos obsessores e de nosso estado mental adoecido pelas experiências passadas, pela vivência anterior em outros corpos e em outras vidas. Recolhamo-nos no silêncio em busca da cura de nós mesmos pois que é o silêncio o grande curandeiro d’alma em conflito. Engana-se aquele que busca nas grandes conversas algo que lhe aquiete o coração porque sabendo que Deus reside dentro de nós, e que todas as perguntas levam a Ele, é dentro de nós que nos cabe buscar, na introspecção silenciosa, a harmonia do espírito. E a vós que viveis em conflito e que buscais nadar naságuas turbulentas das dúvidas, eu vos digo: Confiai mais em Deus. Confiai na Providência Divina e conhecei a verdade, que na vossa lei material, somente podeis estar em um lugar por vez, portanto se estais onde estais hoje, eis vosso lugar. Na Lei Divina não há erros, portanto, acalmai-vos e conformai-vos com o presente que é vossa realidade hoje. Há um porquê para isso. E no rio da vida, há muitas curvas, muitos obstáculos, e muitas vezes terás que vos adaptar a novas realidades, cada qual no seu devido tempo. Regozijai-vos com a vida que é única nesta existência, aprendei, na espera, lições preciosas, pois que enquanto desperdiçais vosso tempo com a angústia e o desassossego, dispensais grandes lições e deixais de contar grandiosos ensinamentos que o tempo vos aplica.

 

Ó filhos, olhai para os lírios do cmapo e como eles se harmonizam com o cenário que lhes foi confiado. E acaso deixam eles de perfumar e dançar no vento porque gostam menos das montanhas ao fundo? Pois bem, sois vós os lírios do campo e tendes vosso cenário hoje e às vezes o vento vos obrigará a vos curvar, mas tão logo volte a brisa leve, poderás voltar ao teu eixo e exalar teu perfume, até que vossa semente tenha sido levada a outro campo e germinado outra flor, e então podereis perfumar outro lugar. Lembrai-vos que sem os ventos fortes, tua semente não seria levada a luar algum.

 

Sejamos gratos a Jesus pela vida que temos, pela realidade que temos, pelas provas e pelas pessoas que sabemos. As oportunidades, nos cabe buscá-las. As conquistas, nos cabe merecê-las, porque Deus é o único caminho, a única verdade em toda a vida.

 

Obedeçamos aos nossos ímpetos de buscar a luz, a orientação, as respostas, e deixemos Jesus entrar em nossas vidas e conduzir nossa luz. Hoje somos levados, por questões materiais, anos afastar de nossas missões de vida e a nos esquecermos do que realmente importa. Não deixeis de vos questionar sempre se estais vivendo com o que e para o que realmente importa. Qual é a tua bagagem se não lhe dessem mais que cinco minutos para vos mudar? Uma mala? Eis o que necessitais? E em vosso coração? Quanto ou quantos podeis carregar?

 

Desenvolvei pois, a capacidade do desapego material e também do emocional. Sois espíritos em jornada comum mas em missões individuais. Estais juntos e cruzai os caminhos uns dos outros porque tendes pequenas missões em conjunto, é verdade, mas sois indivíduos acima de qualquer coisa. E vossa verdadeira vida não é esta na Terra. Desapegai-vos pois do supérfluo e não confundai o desapego com a vida independente nem com a desistência de todas as relações interpessoais. Ao contrário, Deus vos fez para viverdes em comunidade, aprenderdes com a convivência, mas para que teu coração caminhe conforme tua própria vontade, longe de qualquer corrente ou tipo de escravidão. Sede livres. O Pai vos quer assim, por isso vos deu o livre arbítrio.

 

Olhai para a vida por um novo prisma, mais leve e menos aprisionador; aproveite tua experiência sendo grato pelo que tua vidad te oferece e não olheis para a vidad do teu próximo. Vedes todos o que a vida do teu próximo lhes dá mas esqueceis de contar o que ela lhes tira também. Deus sabe o que faz e porque faz. Sede felizes e gratos sempre! Libertai-vos das mágoas e dos ressentimentos, da inveja e do orgulho, do egoísmo e da intolerância. Eis teus piores inimigos.

 

Livres sereis no dia em que nenhum deles mantiver uma corrente presa em teus pés. Livres e prontos para uma nova caminhada, noutro mundo, muito melhor e livre de apegos e medos, anseios e dúvidas. Por hora, trabalhai vosso interior, conhecei-vos mais e desapegai-vos, por fim, de tudo que vos prende. E buscai no silêncio, o caminho para esta conquista. Desu vos fortaleça para esta busca.”

 

Assim seja.

Irmão Andes Thúlio

 

Mensagem psicografada em 12/10/2010



Escrito por Lumina às 17h13
[] [envie esta mensagem
] []





Saudações Iniciais

Olá queridos amigos!

Primeiramente saúdo a todos que vieram, através deste blog, buscar uma elucidação nas palavras de Amor deixadas por Jesus, nosso Mestre querido.

Meu objetivo é compartilhar com vocês o conteúdo das mensagens que venho psicografando há 10 anos.

Conto com a contribuição de vocês para comentar as mensagens e se possível indicá-las para leitura, já que o propósito das postagens é pulverizar a palavra do Cristo.

Obrigada a todos!



Escrito por Lumina às 21h21
[] [envie esta mensagem
] []



 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]